(14) 3032-1227 | Recrutamento e Seleção, Consultoria, Cursos e Treinamentos

Blog

MEIs têm até o fim de maio para entregar declaração

e66242dddc600d9e06ef29cb15fb2ef8O prazo para todos os Microempreendedores Individuais entregarem a Declaração Anual Simples Nacional do MEI (DASN-SIMEI) termina no próximo dia 31 de maio. Quem perder o prazo está sujeito a multa de R$ 50,00, mas o valor cai para R$ 25,00 caso o MEI procure regularizar a situação antes de ser notificado pela Receita Federal.

É importante lembrar que o documento não tem relação com a declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, cujo prazo de entrega terminou no dia 29 de abril.

Segundo o Sebrae-SP, o documento é obrigatório para que a empresa continue prestando serviços sem restrições. Na declaração, o empreendedor deve informar as operações comerciais do ano anterior e o documento pode ser preenchido e entregue pela internet, no site Portal do Empreendedor, no período de janeiro a maio. 

Mesmo quem estiver inadimplente com o recolhimento mensal de tributos precisa entregar a declaração anual e regularizar a sua situação antes de completar um ano de débito. Após 12 meses sem realizar o pagamento do imposto mensal e sem entregar a Declaração Anual, o registro da empresa é cancelado.

Com isso, o empreendedor corre o risco de perder todos os benefícios previdenciários assegurados ao MEI, como auxílio-doença, licença-maternidade, pensão por morte, aposentadoria, assim como ficar impossibilitado de emitir nota fiscal.

“A figura do MEI tem se mostrado uma grande saída para a formalização de pequenos empreendedores. No primeiro trimestre foram quase 300 mil em todo Brasil, sendo perto de 100 mil no estado de São Paulo. Junto com a formalização vem alguns deveres, como a prestação de contas, sob o risco de perder seus benefícios e o direito a uma Certidão Negativa de Débito, que lhe permite negociar com empresas maiores”, diz Paulo Skaf, presidente do Sebrae-SP.  Segundo a entidade, o Brasil hoje tem cerca de 6 milhões de MEIs registrados, sendo 1,5 milhão apenas no Estado de São Paulo.

Publicado por: Diário do Comércio – SP

A importância do aprendizado de técnicas de liderança e motivação como competências na minha vida profissional.

images9WMC3JLRAcredito que algumas pessoas nascem com atributos e talentos importantes para liderar, porém se não souberem como usá-los de forma adequada não levarão ninguém a lugar nenhum e a um bem comum a todos.

Saber que é possível aprender e desenvolver técnicas de liderança e motivação já deve ser por si só um agente motivacional. Eu não preciso a vida toda esperar que me digam para que lado seguir, e ser somente os vagões de um trem puxado por uma locomotiva.

Quantas vezes nos aborrecemos com atitudes incoerentes de supostos líderes que comandam com imposições fazendo uma guerra fria com as pessoas. “Líderes” que não tem estratégia, que não pensam no bem comum da empresa, que não tem nenhum tipo de empatia com as pessoas. Indagamo-nos que se fossemos nós a liderar faríamos melhor.

Sorria! Você pode ser o maquinista desta locomotiva, mostrar a direção certa a ser seguida para o bem comum da sociedade e da sua empresa.

Uma boa comunicação que é uma característica importante de um bom líder pode ser dilatada, o primeiro passo é querer, mas, muitos têm dificuldade em se expressar e fazer-se entender, porém está particularidade pode ser estudada e ampliada.

Além disso, dizem por aí que o fato de termos dois ouvidos e uma única boca não são por acaso, vem nos mostrar que devemos mais ouvir do que falar. Vamos fazer um trabalho de reflexão: Imaginem vocês se aquele seu colega de trabalho falante tivesse duas bocas, quão destoante seria e cansativo ouví-lo falar por horas e horas. Brincadeiras a parte, um bom líder ouvi as pessoas, cria empatia com seus liderados, compreende suas necessidades e direciona-os para uma intenção onde todos podem ganhar, empresa e funcionários, num jogo de ganha-ganha.

Quanto a motivação, esta ocorre de dentro do ser humano para fora, ela recebe sim influências externas, mas é uma atitude, é uma ação, uma força interna do nosso organismo que nos impulsiona, nos direciona, que nos faz caminhar, um motor em pleno funcionamento.

Consigo sentir dentro de mim esta força, e gostaria de compartilhar com os senhores, sinto um desejo enorme de aplicar todas as disciplinas estudades em minhas atividades diárias, sejam elas profissionais ou pessoais, anseio muito fazer diferente e desenvolver as especialidades de um líder e poder ajudar as pessoas com ética e profissionalismo, alegria e disposição.

Quero fazer diferente de tudo que já vi e vivi na minha vida profissional, não serei o reflexo de tudo que assisti dos meus supostos líderes, significarei o oposto do que me aborrecia neles e que era alvo de minhas críticas internas que só meu coração conhecia.

Existe um provérbio Chinês que diz: “não podemos passar pela vida sem fazer três coisas, plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro”. Já plantei uma árvore, o livro escrevo diariamente com a minha vida, tenho uma filha linda, e tomo a liberdade poética de acrescentar mais um evento ao provérbio, não podemos passar pela vida sem antes influenciar positivamente as pessoas.

Você também pode caro amigo, antes de ser um Especialista em Pessoas, ser uma Pessoa Especial, lembrando-se sempre que as diferenças não são barreiras e sim riquezas que devem ser exploradas por nós. Amém.

Publicado por: Evandro Ávila Franco (consultor e especialista em Gestão de Pessoas).

DIRPF 2016

downloadO prazo para entrega da Declaração de Imposto de Renda é dia 29/04/2016.

Está obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda referente ao exercício de 2016 a pessoa física residente no Brasil que, no ano-calendário de 2015:

I) Recebeu rendimentos tributáveis sujeitos ao ajuste anual na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.123,91, tais como:

rendimentos do trabalho assalariado, não assalariado, proventos de aposentadoria, pensões, aluguéis, atividade rural;

 II) Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte,

cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;

III) Realizou em qualquer mês do ano-calendário:

– alienação de bens ou direitos em que foi apurado ganho de capital, sujeito à incidência do imposto

 IV) Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos, em 31/12/2015, inclusive terra nua, cujo valor total foi superior a R$ 300.000,00

 Esses são os casos de obrigatoriedade mais comuns, no entanto existem outros que um profissional contábil pode lhe dizer e afirmar se você deve ou não declarar o imposto de renda.

Dentre os que são pegos na malha fina da Receita Federal, os motivos mais comuns são omitir rendimentos tributáveis e lançar na declaração abatimentos/deduções não legais.

Além da declaração do imposto servir como comprovante de renda em muitas situações, você pode restituir em alguns casos o imposto retido mensalmente em seu salário.

Procure pela Ágape Gestão de Pessoas e teremos o maior prazer em lhe fornecer informações e fazer a correta declaração do seu imposto de renda.

Publicado por: Evandro Ávila Franco (consultor e especialista em Gestão de Pessoas).

Cliente Oculto

images

Num mercado extremamente competitivo e globalizado, e no momento afetado pela crise que passa o país, promover a satisfação do cliente e fidelizá-lo é questão de sobrevivência da organização.

A identificação e compreensão das necessidades e expectativas dos grupos de clientes visa obter as informações necessárias para a definição de produtos e serviços que incorporem as características mais relevantes para estes.

Avaliar a satisfação dos clientes tem por objetivo mensurar sua percepção sobre a empresa e seus produtos, e identificar oportunidades para melhoria. A análise dos resultados e a tomada de ações proporcionarão o aumento da satisfação dos clientes e consequente fidelização.

Para conhecer as expectativas dos clientes e avaliar o modo pelo qual os clientes vivenciam a experiência de consumo proporcionada pelas empresas trouxemos para Jaú o Cliente Oculto, também conhecido como Cliente Misterioso, Hóspede Misterioso ou Mystery Guest.

O Cliente Oculto é uma pessoa treinada pela Ágape GP para avaliar, de forma anônima, imparcial e objetiva, a qualidade percebida de serviços e produtos. Os participantes são selecionados de acordo com o perfil dos clientes de cada empresa. Para as avaliações produzirem efeito e serem ferramentas importantes de mudança na empresa/cliente os procedimentos devem ser corretamente executados. Para tanto treinamos o Cliente Oculto para que exerça seu papel extremamente importante com eficiência.

Não dá para viver dos rendimentos recebidos pelo Cliente Oculto, no entanto pode ser uma remuneração extra para a pessoa que realiza esta tarefa.

Existem três formas de remuneração:

  • A pessoa recebe uma remuneração pelo trabalho;
  • A pessoa recebe o reembolso do produto adquirido ou serviço consumido;
  • A pessoa recebe uma remuneração e reembolso pelo trabalho.

Você ficou interessado em ser um Cliente Oculto?

Tem dúvidas e deseja entender melhor este trabalho?

Entre em contato através do nosso e-mail: contato@agapegp.com.br, teremos prazer em falar com você.

Não quero rebaixar minha carteira

imagesVocê certamente já falou ou ouviu essa expressão!

É uma maneira de pensar e projetar sua carreira buscando um objetivo, no entanto, está cada vez mais difícil seguir fielmente este pensamento. Se você está empregado pode se dar ao luxo de sair da empresa atual para ganhar um salário mais atrativo. Porém se está desempregado, se tem compromissos a cumprir e precisa realmente trabalhar, é inevitável em alguns casos iniciar uma nova empreitada com um salário menor comparado ao último recebido.

As empresas atualmente buscam profissionais multitarefas ou polivalentes que possam desempenhar várias funções para reduzir sua folha de pagamento, ou especialistas que possam exercer suas atividades com eficiência contribuindo com a produtividade da empresa. Se o empresário encontrar esses profissionais e puder pagar um salário igual ou abaixo do que esperava desembolsar, Oba! Que beleza!

Muitas vezes alguns profissionais ficaram anos na mesma empresa e tiveram seus salários hiperinflacionados pelos dissídios da categoria, reajustes espontâneos ou por promoções, e ao final alcançaram um patamar de salário bem acima do que a média do mercado para o cargo. Se este profissional quiser ter uma nova oportunidade, encontrará dificuldades, e muitas vezes sujeitar-se a redução de seu salário para mostrar suas competências, não necessariamente é dar um passo para trás.

Pense neste exemplo:

No futebol, se um jogador é contratado com altos salários, ele chega cheio de expectativas por parte da imprensa, clube e torcida. Se nos primeiros jogos, erra um passe, não faz aquele gol que até sua vó faria, e não atende as expectativas, a paciência de todos se esgota rapidamente. É questão de tempo até que ele desenvolva todo seu potencial, ele precisa se adaptar a nova cidade onde está residindo, a estrutura física do local de trabalho, aos novos colegas, e aos processos de trabalho, além da cultura do clube/empresa.

No mercado de trabalho ocorre da mesma maneira, se for uma grande oportunidade, vale a pena ter seu salário reduzido, para ter o tempo de adaptação, começar a ser produtivo, fazer os olhos do patrão brilhar e posteriormente galgar um salário desejado.

“Vou viajar um pouco” com mais um exemplo:

É como o Moonwalker do Michael Jackson, você vai para trás, mas seus movimentos e direção é de quem caminha para frente!

Publicado por: Evandro Ávila Franco (consultor e especialista em Gestão de Pessoas).

Empretec em Jaú

Quando algo bom nos acontece, geralmente queremos que outras pessoas tenham a oportunidade de vivenciar as mesmas experiências positivas. Por isso gostaria que você leitor e empresário tivesse a oportunidade de fazer o Empretec.

empretecNo dia 14/07/15 – terça-feira em Jaú, será realizada a Palestra de Abertura e Sensibilização do Empretec. Participando deste encontro você terá mais informações sobre o seminário e poderá entender melhor o programa.

O Empretec é uma metodologia da Organização das Nações Unidas – ONU voltada para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e para a identificação de novas oportunidades de negócios, promovido em cerca de 34 países. No Brasil, o Empretec é realizado exclusivamente pelo Sebrae e já capacitou cerca de 190 mil pessoas, em 8.400 turmas distribuídas pelos 27 Estados da Federação. Todo ano, o Empretec capacita em torno de 10 mil participantes.

Segundo pesquisa do Sebrae, os empreendedores que fizeram Empretec registraram um acréscimo de R$ 24,6 mil por mês no faturamento de suas empresas. Mais de 90% dos entrevistados confirmaram o aumento dos lucros após a conclusão do seminário e que aplicaram imediatamente mudanças em seus produtos e serviços com base nos conhecimentos adquiridos. (Fonte: Sebrae – consultado em: http://www.sebraemais.com.br/solucoes/empretec).

Eu sou um Empreteco (rsrsr, nome dado às pessoas que já fizeram o Empretec) e posso lhes dizer que realizou uma mudança radical no meu jeito de pensar, na minha vida pessoal e profissional. Fui com muita expectativa fazer o seminário de 6 dias realizado em Bauru. Foram dias intensos onde pude me conhecer verdadeiramente como pessoa e empreendedor.

planeja fácilPossuía até a ocasião pensamentos limitantes e sabotadores de toda a minha energia e motivação para empreender e desenvolver o meu negócio. Pós Empretec, pude fazer uma profunda avaliação do que queria para minha empresa, do ponto onde estava, e o que vislumbrava para o meu futuro. Mudei totalmente meu comportamento, e com as ferramentas de gestão do Sebrae comecei a fazer mudanças na minha empresa e colher frutos maravilhosos.

Duas características comportamentais não havia desenvolvido, que eram o estabelecimento de metas, planejamento e monitoramento sistemáticos. Trabalhei e potencializei meus comportamentos visíveis e vivenciados, e investi nos comportamentos inadequados. Vejo diariamente os resultados destas ações, no visual da empresa, na identificação pelos clientes, no faturamento e na redução de custos.

Além dos fatores positivos descritos anteriormente, o Empretec deu um “plus” ao meu currículo profissional. Quando reconhecido por outros colegas que também fizeram o Empretec, percebo que os mesmos valorizam e confiam ainda mais nos serviços que presto.

Para finalizar, me permitam um exemplo no sentido figurado do que é o Empretec.

Antes do Empretec me via em meio a um grande deserto, perdido, sem saber que caminho seguir, via grandes oportunidades, mas ao final eram somente miragens.

bússolaPós Empretec me vejo ainda em meio a um grande deserto, porém aprendi a me direcionar pela posição do sol, além disso, tenho bússola e GPS, vejo hoje grandes oportunidades reais. Embora tenha todos estes equipamentos, o que continua fazendo a diferença é o uso ou não deles.

E aí? Vai ou não participar do Empretec?

Vale muito a pena!

Publicado por: Evandro Ávila Franco (consultor e especialista em Gestão de Pessoas).

5 características de um bom líder

untitleddepartmento-pessoalA imagem do líder vem se modificando a cada dia. A figura que antes demonstrava poder e era o centro das decisões, hoje tem se tornado cada vez mais humana devido à necessidade do mercado de intensificar cada vez mais os relacionamentos com todos os seus públicos. Outra mudança importante que os líderes das novas gerações tiveram que aprender é que liderar não é apenas ditar regras e atribuições.

Atualmente, os núcleos de trabalho funcionam como equipes e times e, em um time, todos os integrantes buscam os resultados – as funções podem ser diferentes, mas os objetivos são os mesmos. Segundo a coach especializada em desenvolvimento humano e organizacional Bibiana Teodori: “Um excelente líder cresce com o time e faz o time crescer com ele”.

Bibiana Teodori também acredita que bons líderes possuem uma linha de comportamento em comum que é fundamental para o sucesso de suas atribuições. Confira na sequência as principais características enfatizadas pela profissional.

Autoconhecimento

A primeira característica importante é a de saber guiar a si. Esta não é uma tarefa fácil e quem consegue fazê-la logo se torna um ponto de referência para os outros, um líder aos olhos de quem não possui essa capacidade.

Faz parte do autoconhecimento também saber gerenciar as próprias emoções, deixar de lado estados emocionais improdutivos, como medo, insegurança, depressão, ansiedade e estresse, no momento em que eles se tornam um obstáculo. Esses estados são emoções com significados específicos, que não podem ter espaço em determinadas situações.

Espírito de equipe

Assumir a responsabilidade de um grupo parece uma tarefa básica de todo e qualquer líder, mas na prática não é bem isso que acontece. Há líderes que são os primeiros a apontar as falhas de sua equipe, no entanto, um líder de sucesso deve achar os caminhos para resolver crises antes de distribuir culpas.

Ter poder de decisão

Outra característica importante de um bom líder é o poder de decisão. A ideia de que somos a soma total das decisões que tomamos na vida é um pensamento que deve ser o guia para uma pessoa envolvida em tomada de decisões, pois só assim é possível ter noção das consequências de uma decisão.

Quando uma pessoa entende a necessidade e a importância de se tomar boas decisões, naturalmente ela otimiza o seu poder de decisão.

Bom relacionamento

Normalmente um líder participa de um conjunto, onde existem outros líderes e outras equipes. A capacidade de criar relações positivas é que diferencia um líder, pois é isso o que evidencia a sua capacidade de criar vínculos e atrair as pessoas para si, assim como a capacidade de ouvir os integrantes da equipe o possibilita agir de maneira coerente com princípios compartilhados.

Versatilidade

O líder deve lidar bem com mudanças, entender e buscar oportunidades que forneçam a visão necessária para que seu negócio cresça. A versatilidade é uma ótima competência que motiva, inspira, energiza e cria líderes capazes de ter visão 360° de diversos assuntos que possam comprometer o seu dia a dia.

Publicado em: PORTAL CARREIRA & SUCESSO em 20/01/2015.

Guias de seguro-desemprego terão preenchimento online

downloadA partir de julho de 2015, as empresas só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego (RSD) e da comunicação de dispensa (CD) de funcionários por meio do aplicativo “Empregador Web” no portal “Mais Emprego”, do Ministério do Trabalho.

A decisão de tornar obrigatório o preenchimento online foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), órgão que reúne representantes do governo, dos trabalhadores e dos patrões.

Os empregadores terão até o dia 1º de julho de 2015 para se adequar. Até lá, o ministério aceitará os formulários impressos em gráficas (guias verde e marrom).

Depois desse prazo, essas solicitações só poderão ser feitas por meio do site maisemprego.mte.gov.br . partir de julho de 2015, as empresas só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego (RSD) e da comunicação de dispensa (CD) de funcionários por meio do aplicativo “Empregador Web” no portal “Mais Emprego”, do Ministério do Trabalho.

A decisão de tornar obrigatório o preenchimento online foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), órgão que reúne representantes do governo, dos trabalhadores e dos patrões.

Os empregadores terão até o dia 1º de julho de 2015 para se adequar. Até lá, o ministério aceitará os formulários impressos em gráficas (guias verde e marrom).

Depois desse prazo, essas solicitações só poderão ser feitas por meio do site maisemprego.mte.gov.br.

Publicado em: CRC SP ONLINE em 16/10/2014.

Projeto pretende prorrogar o vencimento do FGTS para o dia 15

download   A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7324/14, do deputado Toninho Pinheiro (PP-MG), que altera a data para o empregador fazer o depósito no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) do trabalhador.

De acordo com a proposta, os empregadores ficam obrigados a depositar, até o dia 15 de cada mês, na conta bancária vinculada do trabalhador no FGTS, o valor correspondente a 8% da remuneração do mês anterior. Hoje, a data prevista para o depósito é dia 7.

“Esse prazo é muito exíguo para os empregadores, que, nessa época do mês, são obrigados também a efetuar o pagamento de salários, o qual deve ser feito, o mais tardar, até o 5º dia útil do mês subsequente ao vencido”, diz Pinheiro. “Trata-se de um acúmulo de pagamentos que acaba por sobrecarregar o empregador.”

Para o deputado, a alteração da data não prejudica o trabalhador. O projeto modifica a Lei 8.036/90, que trata do FGTS.

Tramitação
De caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Publicado em: GP Portal dos Gestores de Pessoas por Vanderlei Moraes.